Frase preferida

Não sei ...se a vida é curta ou longa demais para nós, Mas sei que nada do que vivemos Tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas Cora Coralina

Generosidade



Generosidade

A generosidade é a verdadeira riqueza. E para ser generoso, para
partilhar, você não precisa de muita coisa. Para ser generoso, você
só precisa partilhar qualquer coisa que tenha.

Você pode não ter muito - essa não é a questão. Quem tem muito? Quem
pode alguma vez ter o bastante? Nunca é muito, nunca é o bastante.
Você pode não ser absolutamente nada, pode ser apenas um mendigo da
rua, mas ainda assim pode ser generoso.

Você não pode sorrir quando um estranho passa? Você pode sorrir, pode
dividir seu ser com o estranho, e então você é generoso. Você não
pode cantar quando alguém está triste? Você pode ser generoso - os
sorrisos nada custam. Mas você ficou tão miserável que, mesmo antes
de sorrir, pensa três vezes: sorrir ou não sorrir? Cantar ou não
cantar? Dançar ou não dançar - aliás, ser ou não ser?

Partilhe seu ser, se você não tiver nada; essa é a maior riqueza -
todos nascem com ela. Partilhe seu ser! Estenda sua mão, dirija-se ao
outro com amor no coração. Não considere ninguém como um estranho.
Ninguém o é; ou todos são. Se você partilha, ninguém é; se não
partilha, todos são.

Você pode ser alguém muito rico, mas um miserável, se não partilha. E
então seus próprios filhos são estranhos, então sua própria esposa é
uma estranha - porque como pode alguém se encontrar com um homem
miserável? Ele está fechado, já está morto no seu túmulo. Como pode
você caminhar em direção a um homem miserável? Se o fizer, ele foge.
Está sempre com medo, porque sempre que alguém se aproxima, o
compartilhar começa. Até um aperto de mão a pessoa miserável sente
que é perigoso, porque, quem sabe? - uma amizade pode nascer daí, e
então existe perigo.

Uma pessoa miserável está sempre alerta, em defesa, para não permitir
que alguém chegue muito perto. Ela mantém todos à distância. Um
sorriso é perigoso porque quebra as distâncias. Se você sorri a um
mendigo na rua, a distância é quebrada, ele já não é um mendigo,
tornou-se um amigo. E, então, se ele estiver com fome, você terá que
fazer alguma coisa. É melhor ficar sem sorrir, é mais seguro, mais
econômico, menos perigoso - nenhum risco nisso.

Não é uma questão de partilhar alguma coisa, mas de simplesmente
partilhar - qualquer coisa que você tenha! Se você não tem outra
coisa, tem ainda um corpo quente - você pode se sentar perto de
alguém e dar-lhe seu calor. Você pode sorrir, dançar, cantar, rir e
ajudar o outro a rir. E quando duas pessoas riem juntas, seus seres
se tornam um nesse momento; quando duas pessoas sorriem juntas,
subitamente toda a distância se dissolve - vocês estão conectados.

Portanto, não pense que para ser generoso você precisa ser rico. É
exatamente o contrário: se você quer ser rico, seja generoso. E
tantas riquezas estão disponíveis sempre, tantas dádivas você traz
com sua vida e leva outra vez quando morre. Você podia ter partilhado
e, com isto, poderia ter consciência do quanto a existência o faz
rico e como você vive pobre.

E quanto mais você partilha, mais seu ser começa a fluir. Quanto mais
ele flui, mais e mais novas fontes alimentam o rio, e você permanece
renovado.

Somente um ser humano generoso é renovado. Um ser humano não-
generoso, fechado, miserável, torna-se sujo - está propenso a ficar
assim. Exatamente como um poço. Ninguém o usa, o poço não tem
possibilidade de dar sua água a ninguém; então, o que acontecerá com
ele? Novas fontes não o estarão suprindo, porque não há necessidade.
A água velha ficará cada vez mais e mais suja; o poço inteiro estará
morto. Águas frescas não estarão chegando até ele. É assim que tem
acontecido a muitos de vocês.

Convide as pessoas a compartilhar de você.
Convide as pessoas a beber de você.

Esse é o significado do que Jesus diz: "Bebam de mim! Comam de mim"!
Quanto mais você se alimenta dele, mais Jesus cresce. Quanto mais
você bebe dele, mais as águas frescas fluem. As riquezas que a vida
lhe doou não são limitadas, mas só um ser humano generoso pode saber
disso. Elas são ilimitadas. Você não é uma companhia de recursos
limitados, mas de recursos ilimitados. Atrás de você, o Divino está
escondido. Ninguém pode exauri-lo. Cante quantas canções puder, e
você não será exaurido; até pelo contrário, melhores e melhores
canções virão.

Osho

    Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More


1 Responses So Far:

Valéria disse...

Que belo texto Rose... as pessoas deviam lembrar que ser generoso é ser alguém para alguém....
Adorei...
Beijo no coração

Olá não estamos aceitamos comentários anônimos.

2leep.com

publicidade